Bolsonaro não cumpriu protocolo de segurança, avalia governo

A avaliação da Polícia Federal e do Ministério da Segurança Pública é de que o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, não cumpriu o protocolo de seguranças na passeata desta 5ª feira (6.set.2018), onde foi esfaqueado.
O ministro Raul Jungmann (Segurança Publica) afirmou que Bolsonaro foi alertado sobre os procedimentos que deveria adotar. Entre eles, foi pedido que ele evitasse ser erguido por multidões em eventos, como vinha acontecendo nas chegadas do candidatos em aeroportos, durante suas viagens de campanha.
“O problema é quando se vai para uma situação de risco reiterada sobre a qual a segurança diz que não dá para fazer segurança nessas condições”, disse.
Nenhuma hipótese para o crime é descartada, incluindo a possibilidade de crime político. Segundo Jungmann, no momento, 3 suspeitos de cometer o crime estão sendo investigados. “Existem outros [suspeitos] que estariam envolvidos, mas que não se tem a comprovação tática, não se tem provas”, disse.
Durante o desfile de 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, Jungmann foi quem mais conversou com o presidente Michel Temer. O ministro disse ter detalhado ao presidente os procedimentos de transferência de Bolsonaro para São Paulo e sobre a evolução das investigações. “A recomendação dele foi dizer que quer apuração rigorosa e para que se reforce a segurança dos candidatos”, disse.
Após o incidente com o deputado federal, as equipes de todos os 13 candidatos ao Planalto serão convocadas para uma reunião neste sábado (8.set.2018), em Brasília, na diretoria geral da PF.
O efetivo de segurança disponível aos candidatos será aumentado em 60%. Até o momento, 5 candidatos solicitaram o apoio da Polícia Federal. Caso novos candidatos também solicitem, a PF analisará o efetivo disponível para cada 1 a partir de uma análise de risco individual.

Poder 360
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget