Mikaelton Carantino desiste de disputar o governo

O candidato a governador Mikaelton Carantino (PCO) desistiu da disputa ao governo do Estado. A decisão foi homologada na noite de sábado, 22, e já se encontra disponível no sistema do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE). Apesar disso, o nome dele continuará presente nas urnas. Os votos que eventualmente forem destinados a ele serão anulados.
Carantino foi o último a anunciar seu nome para a disputa neste ano. Entretanto, o partido teve o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) indeferido pelo TRE-CE no último dia 4, em razão da ausência de diretório regulamente constituído no Estado, o que levou ao impedimento de todas candidaturas lançadas pela sigla no Ceará este ano.
O PCO havia entrado com recurso contra a decisão, mas, nesse meio tempo, as únicas candidaturas lançadas pela agremiação para deputados estadual, João Paulo Barroso, e federal, Julia Kecia, já haviam abdicado da disputa. Além dos três, o partido também apresentou o nome de Alexandre Barroso para o Senado, Lino Alves para vice-governador e Ronald Medeiros, juntamente com Patrícia Braga, para suplentes de Barroso.
Com a renúncia, o caso de Carantino foi extinto pelo juiz Alcides Saldanha Lima, relator do processo, conforme decisão já protocolada por ele no sistema da Justiça Eleitoral. O candidato não havia pontuado na última pesquisa Ibope para o Palácio da Abolição, divulgada no dia 16.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget