Primeiro dia de propaganda eleitoral dá origem a 13 representações na Justiça do Ceará

O primeiro dia da Propaganda Eleitoral Gratuita dos candidatos ao Governo e ao Senado deu origem a 13 representações na Justiça do Ceará. Nove são contra a coligação do General Theophilo, duas contra Camilo Santana (PT) e sua coligação e duas contra a de Eunício Oliveira (MDB). 
Todos os questionamentos à propaganda da coligação PSDB-Pros, Tá na hora de mudar, são feitos pela coligação Por Um Ceará Cada Vez Mais Forte, de Camilo. Os processos apontam que o General invadiu o tempo de TV e rádio destinado às candidaturas proporcionais, com Plácido Filho e Carlos Matos encerrando suas falas com o slogan “Pra botar moral, vote governador General Theóphilo 45”. 
A propaganda tucana também é questionada por não sinalizar “Propaganda Eleitoral Gratuita”, por não exibir o nome da candidata à vice, Emília Pessoa (PSDB), e por uso de montagens ou efeitos especiais. Em todos os casos, os autores pedem perda de tempo de programa, mas as liminares já concedidas apenas impedem nova veiculação do material até que haja julgamento definitivo. 
Na lista de processos, há ainda um pedido de direito de resposta. Segundo a coligação Por Um Ceará Cada Vez Mais Forte, há informações inverídicas veiculadas no programa do General, citando o trecho: “Por que mudar o Ceará? A gente vê criança morrendo dentro de fossa aberta aqui em Fortaleza. Crianças cotizando o salário do professor que está atrasado 2, 3 meses”.
Já os dois questionamentos à propaganda de Camilo, ambos de autoria do PSDB-Pros, são por uso de montagem e efeitos especiais.  A coligação do General, que tem Mayra Pinheiro (PSDB) e Eduardo Girão (Pros) concorrendo ao Senado, também é autora das duas representações contra o programa de Eunício. Ambos os processos apontam que as peças citam membros de coligações adversárias: Cid Gomes (PDT) e Camilo Santana (PT), com quem o senador mantém uma aliança informal, além do ex-presidente Lula, que até a noite de sexta-feira era o candidato do PT à Presidência.

 Focus.jor
Cadernos:

Postar um comentário

A Voz de Santa Quitéria é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais, a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.
Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.
Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: avozdesantaquiteria@outlook.com.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo

[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget