Bolsonaro afirma que pode faltar a debates, mesmo com autorização médica

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) admitiu que pode faltar aos debates com o adversário Fernando Haddad (PT) por questão estratégica. A declaração foi feita em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (11). 
Por orientações médicas, Bolsonaro não deveria participar de debates e eventos públicos até o dia 18 de outubro. De acordo com os médicos, o candidato ainda tem anemia por conta do ataque sofrido em 6 de setembro. 
Debate que aconteceria nesta quinta-feira (11), na TV Bandeirantes, foi cancelado pelos organizadores, assim como outros dois debates que aconteceriam dia 14, na TV Gazeta, e no dia 15, no SBT. 
Em entrevista à Rádio CBN nesta quinta (11), Bolsonaro disse que não adiantava debater com Haddad. "Não adianta debater com um ventríloquo do Lula", afirmou. "Qual é a autenticidade do Haddad?", afirmou. 
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget