Caso dos remédios vencidos: Secretária de saúde reconhece falha dos profissionais

O relato da senhora Ana Célia, do distrito de Lisieux, sobre a medicação vencida que recebeu para a sua filha na farmácia básica em Santa Quitéria, foi pauta na Câmara Municipal na última sexta-feira (19), quando vereadores cobraram uma explicação da Secretaria de Saúde sobre a medicação fora da data de validade que lhes foi repassada no Centro de Atendimento Farmacêutico (CAF), responsável por medicamentos controlados.
Segundo ela, a sua filha, de 10 anos, que é portadora de necessidades especiais, teria sofrido complicações após ingerir a medicação.
Em entrevista ao site A Voz de Santa Quitéria e a rádio Plus FM, a secretária de saúde do município, Ana Patrícia Ximenes, reconheceu que houve uma desatenção dos responsáveis da secretaria a não se atentarem quanto a validade da medicação. A mesma disse que foram tomadas as medidas cabíveis e a substituição das caixas e reforçou ainda aos funcionários, o cuidado em passar medicamentos a população. 
Questionada sobre outros casos que foram denunciados na Câmara, a secretária disse que desconhece qualquer outro incidente.
Sobre a falta de medicamentos, Ana Patrícia disse que a pasta está se organizando em relação a troca de medicamentos com outras cidades por meio da permutação.
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget