Ceará é o segundo estado do País em número de crimes eleitorais investigados pela PF

Com 108 casos, o Ceará ocupa o segundo lugar do País no ranking de supostos crimes eleitorais que estão sob investigação da Polícia Federal (PF). Do total, 533 procedimentos são no Rio de Janeiro e 92 em São Paulo, que ocupa a terceira posição. De acordo com a Polícia Federal, foram 1.659 inquéritos policiais abertos e 11 termos circunstanciados registrados do início da campanha eleitoral até agora.
As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (1º) durante a inauguração de Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições (CICCE), criado para acompanhar, em tempo real, as investigações de crimes eleitorais autorizadas pela Justiça. O Centro, comandado pelo delegado federal Thiago Borelli, funcionará de 1º a 8 de outubro e de 22 a 28 de outubro.
Segundo a PF, o  crime mais comum é o de falsidade ideológica eleitoral, correspondendo a  60% dos inquéritos da PF neste ano. Entre os principais crimes investigados neste período de campanha eleitoral estão  propaganda eleitoral falsa, crime contra a honra de candidatos, caixa 2, transporte ilegal de eleitores e boca de urna. A produção e disseminação de notícias falsas, as fake news, também são investigadas pela Polícia Federal.
Sediado em Brasília,o CICCE vai centralizar as informações sobre apurações de todo Brasil. Além da PF, integram o Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições representantes do Tribunal Superior Eleitoral, Procuradoria Geral Eleitoral, Conselho de Controle de Atividade Financeira (COAF), Tribunal de Contas da União, Agência Brasileira de Inteligência e outros nove órgãos públicos.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget