Cid diz que 'só Ciro' pode responder sobre último apelo de Haddad por apoio público

O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) disse ao blog nesta quinta-feira (25) que "só Ciro" pode responder ao último apelo de Fernando Haddad ao PDT por um apoio explícito à candidatura do PT à Presidência da República.
Nesta quarta-feira (24), Haddad telefonou a Carlos Lupi, presidente do PDT, para convencer Ciro Gomes a fazer um apoio público, em um ato de campanha, contra Jair Bolsonaro (PSL).
Questionado pelo blog se havia a chance de Ciro topar, Cid respondeu: "eu não sei. Só com ele. Eu não tenho falado com Ciro desde que ele viajou".
Ciro embarcou para a Europa no começo do segundo turno, frustrando os planos de Haddad de compor uma frente ampla de apoio com diversas lideranças.
O ex-candidato volta de viagem na sexta-feira (26) e será recepcionado por apoiadores no aeroporto. Sobre os planos políticos de Ciro, Cid afirmou à reportagem que ele "será lançado para 2022" e que "serão oposição" se Jair Bolsonaro ganhar.
Apesar do gesto do candidato, na campanha de Haddad há dúvidas se Ciro fará uma defesa enfática ao petista até domingo (28).
Entre interlocutores de Ciro, a aposta é de que, se perguntado, o ex-candidato vai repetir que, junto com o PDT, já declarou seu apoio crítico e que votará "contra o fascismo”.
Mas, atualmente, acham difícil um aceno público de pedido de votos por parte de Ciro. Mas, como diz Cid Gomes, "só Ciro" pode responder se atende ao apelo de Haddad.

Andréia Sadi, no G1
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget