Eunício Oliveira não consegue segunda vaga e deixará Senado após oito anos de mandato

Na presidência do Senado atualmente, Eunício Oliveira não foi reeleito neste domingo (7) e deixará o Congresso Nacional após oito anos, já que ficou em terceiro lugar na disputa, com 16,93% dos votos apurados pelo TSE. 
Ao contrário do que apontavam as pesquisas, a segunda vaga do Ceará ficou, surpreendentemente, para Eduardo Girão, que obteve 17,09% dos votos. Já Cid Gomes ficou com a primeira vaga com 41,58% dos votos, tornando-se o político mais votado da história cearense. 
Na manhã desta segunda, Eunício Oliveira (PMDB) divulgou nota, onde agradece a votação e diz que vai se recolher agora à vida pessoal.
O voto é a forma como o povo se manifesta nas Democracias. Foi a partir das urnas que os brasileiros, e os cearenses em particular, demonstraram os anseios de mudança.
Recebo com reverência e respeito essa determinação imposta a todos nós pelas regras democráticas, pelas quais tanto lutei. Agradeço, com muita honra e humildade, aos 1.313.793 cearenses que seguiram confiando em mim.
Recolho-me agora à vida pessoal.
Desejo boa sorte e energia para os que foram eleitos.
Eunício Oliveira.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget