Hidrolândia e mais 11 cidades cearenses estão com FPM bloqueados

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 12 prefeituras do Ceará estão bloqueadas. A informação foi confirmada pela Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda. Estão na relação: Acarape, Banabuíu, Cascavel, Choro, Hidrolândia, Paramoti, São Luis do Curu, Tarrafas, Tauá, Tejuçuoca e Uruburetama. O bloqueio decorre de débito com a Previdência Social e com o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).
É importante salientar que repasses geralmente são bloqueados devido alguma pendência dos municípios para com o orgão responsável pela retenção dos recursos. O site não esclarece o motivo do bloqueio. A medida impede a transferência desses recursos que é a principal fonte de receitas municipais. Todos os bloqueios aconteceram na última terça-feira (13).
Esse bloqueio agrava ainda mais a situação dos municípios, que em sua maioria passam por dificuldades financeiras.
Em recente entrevista a feiticeiro FM de Tamboril, o assessor técnico da Aprece, Expedito Nascimento, disse que 30% das prefeituras no interior do Ceará não conseguirão pagar o Décimo Terceiro. "Hoje a situação é muito pior, com dívidas e dificuldades de pagamento dos salários dos servidores e manutenção da máquina pública, os prefeitos estão de mãos atadas", frisou. 

Manuel Sales
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget