Tasso e Cid se reúnem a sós para discutir eleição da Mesa do Senado

Tasso Jereissati (PSDB) e Cid Gomes (PDT) se reuniram na quarta-feira da semana passada no gabinete do senador tucano, em Brasília. A conversa entre os dois se deu no âmbito das articulações políticas em torno da eleição da futura Mesa diretora do Senado. O encontro foi pedido por Cid, senador eleito do PDT, a Tasso, que vai iniciar em janeiro a segunda metade do seu segundo mandato de senador.
A conversa durou cerca de 60 minutos. O encontro se caracterizou pelos ânimos desarmados.  Tanto um quanto o outro saíram satisfeitos. Há mais de oitos anos que Tasso e Cid não se reuniam em articulações políticas. Em 2010, se deu o rompimento político entre eles. Naquele ano, ao fim de seu primeiro mandato de senador, Tasso foi candidato à reeleição sem o apoio do grupo político de Cid e Ciro Gomes. Desde então, tornaram-se rivais na política do Ceará.
Agora, a dinâmica natural ao jogo político pode até fazer Cid e o bloco do qual o PDT dará parte apoiarem uma possível candidatura de Tasso a presidente da Casa. “Não haveria nenhuma restrição de nossa parte. Pelo contrário”, disse Cid em relação à possibilidade. O PDT articula no Senado a formação de um bloco partidário entre o PDT (4 senadores), a Rede (5), o PSB (2), o PPS (2) e mais o senador Reguffe, que está sem partido e foi convidado por Cid para se filiar a uma das siglas do novo bloco.
As negociações para as composições das Mesas da Câmara e do Senado estão em pleno andamento. Como é usual, a conversa entre os partidos considera que a a negociação para a eleição em uma casa se relaciona com os acordos para a eleição da outra.

Focus.jor
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget