"A família repudia o comentário do governador", diz parente de mortos na 'Tragédia de Milagres'

O comentário do governador do Ceará, Camilo Santana, sobre a possibilidade da família morta na 'Tragédia de Milagres' não ser refém do crime, incomodou parentes das vítimas. Na noite desta sexta-feira (7), João Daniel Neto, primo de João Batista Campos Magalhães, 49, reclamou da fala de Camilo.
"A família repudia o comentário do governador do Ceará. Ele disse que não era hora para ter refém na rua. Ele devia ler as notícias para não dar uma declaração desastrosa como essa", afirmou João Daniel.
Ainda de acordo com o primo de Batista, o velório dos cinco mortos da mesma família teve início ainda nesta sexta-feira, em Serra Talhada, Pernambuco. O enterro das vítimas aconteceu por volta das 10h, neste sábado (8), no Cemitério de Serra Talhada.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget