250 detentos do Ceará são autuados por onda de violência no Estado

Pelo menos 250 detentos de presídios cearenses já foram autuados, entre a tarde de quinta-feira, 3, e a madrugada desta sexta-feira, 4, por suspeita de envolvimento com a série de ataques contra ônibus, prédios públicos e privados na Capital e no Interior.
Em delegacia montada provisoriamente na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL 3), os presos foram submetidos aos procedimentos por dupla de delegados. Os suspeitos foram autuados por desacato, motim, dano ao patrimônio e incitação ao crime. A informação também foi publicada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, em publicação no Instagram.
Conforme o jornal O POVO apurou na última quinta-feira, 3, a ordem para os ataques teria partido de dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL) I, em Itaitinga. A linha de investigação é uma seguida pelas coordenadorias de Inteligência das Secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (Coin-SSPDS) e da Secretaria da Administração Penintenciária (Coint-SAP). Pouco depois das primeiras confirmações de incêndios a ônibus e detonação da coluna do viaduto, líderes da facção Comando Vermelho (CV), na CPPL I, foram retirados de celas conjuntas e postos em isolamento.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget