Nova gestão retira tomadas elétricas de celas em presídios cearenses

Em meio à onda de terror nas ruas de Fortaleza e do interior, no sistema prisional o governo do estado tenta adotar uma nova forma de administrar as unidades.
Aos poucos, a rotina do sistema prisional começa a mudar no Ceará. Diversos televisores que foram recolhidos nos presídios da Grande Fortaleza. Os equipamentos estavam nas celas e eram usados pelos presos.
Na prática, a medida significa uma postura mais rigorosa no controle das unidades prisionais. A Secretaria da Administração Penitenciária confirma a apreensão dos televisores. A pasta não informou o número de aparelhos recolhidos, mas admitiu serem centenas. Também foram apreendidos ventiladores e utensílios como grill elétrico, além da retirada de tomadas elétricas.
Mais de 400 aparelhos celulares foram apreendidos com os presos durante as vistorias. Parte das unidades teve a visitação de familiares suspensa por indisciplina, segundo a Secretaria.
Nas segunda-feira (7), houve protestos na sede da Secretaria e também na BR 116. Esposas exigiam a retomada das visitas e reclamavam que alguns produtos não podiam mais entrar nos presídios. Para o Sindicato dos Policiais Civis, as medidas adotadas foram corretas e é necessário reforçar ainda mais a rotina de fiscalização nas prisões do estado.
Francisco Lucas, presidente do Sindicato dos Policiais Civis, comenta que o preso tem que entender que deve obedecer regras, além disso, é preciso haver endurecimento de postura e de fiscalização nas visitas de parente e advogados.

Tribuna do Ceará
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget