Polícia prende 45 suspeitos de envolvimento nos ataques ocorridos

Pelo menos 45 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos ataques criminosos ocorridos no Ceará desde a noite de quarta-feira (2). A informação foi confirmada há pouco pelo governador Camilo Santana.
"O policiamento continua reforçado nas ruas para garantir a segurança do cidadão e minha determinação é para que a nossa polícia aja com todo o rigor, dentro da lei", disse Camilo..
Por sugestão do ministro Sérgio Moro, o governador ampliou o gabinete de situação para conter a crise atual, incluindo a participação direta de órgãos federais, incluindo a Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Polícia Rodoviária Federal. Também participam do grupo representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público do Ceará e Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, da Prefeitura de Fortaleza.

Confira a nota
Informo aos cearenses que nossas Forças de Segurança já prenderam quarenta e cinco pessoas por envolvimento em atos criminosos ocorridos em nosso Estado. O policiamento continua reforçado nas ruas para garantir a segurança do cidadão e minha determinação é para que a nossa polícia aja com todo o rigor, dentro da lei. Também determinei a ampliação do gabinete de situação, com a participação direta dos órgãos federais (Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Polícia Rodoviária Federal), inclusive por sugestão do ministro Sérgio Moro, além do Tribunal de Justiça e Ministério Público do Ceará, e Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, da Prefeitura de Fortaleza. A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS) já reforçou o policiamento nos terminais de ônibus e nos principais corredores comerciais e bancários; e os coletivos são acompanhados e monitorados pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Além do Policiamento Ostensivo Geral (POG), equipes especializadas, como do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) integram o patrulhamento. Além disso, a SSPDS está permanente em contato com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), com o objetivo de garantir a segurança aos usuários do transporte público. Além do ministro Sérgio Moro, tive contato com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, que também se colocou à inteira disposição para a colaboração necessária. O momento é de união de todas as forças para garantia da ordem e proteção de todos os irmãos e irmãs cearenses.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget