Prefeito no Ceará vai cobrar até R$ 550 por estudante para usar transporte universitário

Os estudantes universitários do município de Ipaumirim, na região Centro-Sul do Ceará, terão que pagar pelo transporte intermunicipal para estudar em cidades da região, neste ano que se inicia. A atitude do prefeito Geraldo Santos (MDB) tem gerado indignação entre os acadêmicos, seus pais e a população em geral.
O gestor, que completa dois anos no cargo, chegou a prometer durante a sua campanha em 2016, a gratuidade no transporte universitário, no entanto, mostra que as suas palavras não tem validade e dificulta o acesso, principalmente, dos jovens mais carentes ao ensino superior.
Em uma tabela divulgada na imprensa da cidade, os estudantes pagarão uma taxa semestral de até R$ 550,00, dependendo do semestre que a pessoa esteja e a frequência durante a semana.
O absurdo já se arrasta há, pelo menos, quatro anos, onde os universitários são obrigados pela Prefeitura Municipal para usar o transporte, justificando as despesas com a circulação dos veículos.
Na cidade, onde o comércio segue abalado em profunda crise econômica e circulam apenas recursos provenientes de benefícios sociais, muitos dos jovens e pais de famílias terão seus orçamentos comprometidos para pagar uma taxa, um tanto ilegal.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget