Últimas Notícias

Faleceu na tarde desta sexta-feira (21), aos 70 anos, vítima de infarto, o médico Antonio Rodrigues da Silva. Natural de Afogados da Ingazeira (PE), foi em Santa Quitéria que Dr. Antônio fixou residência por 41 anos, quando por aqui chegou para compor a equipe médica do extinto Hospital Geral.

Com especialização em cirurgia, clínica médica, ginecologia e obstetrícia, atendeu também no Hospital Maternidade Arsênia Augusta, Centro de Saúde Dr. Otávio Lobo, Hospital Municipal de Monsenhor Tabosa, Unimed Sobral e por último, fazia atendimentos na clínica que leva o seu nome, na Praça da Matriz.

Dr. Antônio Rodrigues deixa a esposa Maristela Gomes e os filhos Maristela Gurgel e Rodrigo Rodrigues.

Mais informações em instantes

Thiago Rodrigues

Diante das paralisações, atos e motins de policiais militares, várias prefeituras cearenses têm cancelado as suas festividades carnavalescas, alegando impossibilidade de garantir a segurança dos eventos. Em Santa Quitéria, o Sanfolia está garantido e contará com reforços policiais e seguranças particulares para garantir o bem-estar dos foliões.

A programação começa nesta sexta-feira (21), nas Seis Bocas, com apresentação dos blocos, fanfarra SQ e a banda Xote Diferente.

A secretária de cultura, Gracinha Soares, afirmou ao A Voz de Santa Quitéria que foram contratados seguranças particulares, que circularão por toda a área; além da Polícia Civil, que contará com agentes a partir de hoje e a Polícia Militar, que garantiu mais homens para o município nestes dias de folia.

Viatura da PM em Santa Quitéria com pneu furado
O mesmo grupo de homens encapuzados que levou duas viaturas da 3ª Companhia de Polícia Militar, em Santa Quitéria, na madrugada desta sexta-feira (21), levou a viatura do destacamento da cidade de Hidrolândia.

Enquanto isso, os policiais militares daquela cidade estão totalmente parados e sem qualquer possibilidade de saírem para a rua, já que estão sem veículo.

Em Santa Quitéria, a 3ª Companhia, bem como o Raio local não aderiram a paralisação e continuarão em atuação, inclusive nas próximas horas, contarão com a reposição de outras duas viaturas em um reforço para a Operação Carnaval.

Ana Krüger, do G1

O Solidariedade expulsou do partido o vereador Sargento Ailton, de Sobral (CE). A decisão da direção nacional e do diretório regional da sigla foi comunicada nesta sexta-feira (21) e, segundo a legenda, tem caráter irrevogável.

Em nota, o partido afirma o parlamentar, que é policial militar, "foi flagrado como um dos líderes do motim de policiais que causaram o confronto e baleou o senador Cid Gomes".

Segundo o Solidariedade, a expulsão do vereador foi decidida em conjunto com o deputado federal e presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força (SP), e o presidente estadual do partido, deputado federal Genecias Noronha, e mostra que a sigla não compactua com ações que violentem e agridem a democracia.

"Nós não trabalhamos com militância do terror que causam a depredação do patrimônio de pessoas e não podemos aceitar que policiais e agentes públicos, encapuzados e armados como milicianos, levem o terrorismo às ruas", diz trecho da nota.

Na nota o partido ressalta que não aceita esse desvio de conduta e que aplicou a sanção devida, tendo como base a gravidade da infração.

Uma reunião na manhã de hoje (21), com autoridades do município e organizadores, definiu que por falta de segurança, ocasionada pela greve dos policiais militares do Ceará, o carnaval de Canindé está cancelado.

A programação já estava toda definida e aconteceria na Praça Dr. Aramis.

Segundo organizadores, a contratação de seguranças particulares não seria suficiente sem o policiamento. O evento também não contaria com apoio do Corpo de Bombeiros, pois as viaturas foram alvos de vandalismo e tiveram pneus destruídos na madrugada de ontem (20).

O Ministério Público Estadual em Canindé, também enviou uma recomendação para que a Prefeitura se abstenha de realizar Carnaval. A recomendação alerta sobre o não acordo entre os grevistas e o Estado pelo fim da greve.

Canindé Online

Fernando Ribeiro

Subiu para 42 o número de assassinatos no Ceará nas últimas 72 horas, desde a deflagração da greve de policiais e bombeiros militares no Ceará, fato ocorrido na tarde da última terça-feira (18). Somente nas últimas 24 horas, foram registrados 15 assassinatos, sendo seis em Fortaleza, sete na zona metropolitana, além de dois casos no interior.

Entre a manhã de quinta-feira (20) e a madrugada desta sexta (21), seis pessoas foram assassinadas na Capital cearense nos seguintes bairros: Castelo Encantado, Vicente Pinzón, José Walter, Paupina, Pici e Parque Santa Maria (BR-116). Na Região Metropolitana foram registrados homicídios em Caucaia (4), Maranguape, Pacajus e Chorozinho.

No interior do estado, dois homicídios ocorreram nas cidades de Juazeiro do Norte e Ibicuitinga, nas regiões do Cariri e do Sertão Central, respectivamente.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget