Últimas Notícias

O Fortaleza venceu a Chapecoense por 3 a 1 pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro na Arena Condá neste domingo (19). Com dois gols de Marcinho e um de Osvaldo, o Leão do Pici virou na segunda etapa no primeiro jogo da história entre as duas equipes. O resultado tranquiliza a torcida tricolor, que estava há quatro partidas sem vencer. 

O jogo
O terço inicial foi pouco movimentado, com as equipes se estudando e com dificuldade para acertar os passes e entrar na defesa do adversário. 
A Chapecoense atacou mais pela esquerda, com Bruno Pacheco e Rildo, autor do gol, aos 12 minutos, puxando o time para pressionar a saída de bola do Leão do Pici. Em um 4-2-3-1, a formação de Ney Franco deu consistência defensiva e jogadores próximos para troca de passes e associações durante a fase ofensiva.
Já o Fortaleza teve problemas na criação, com o volante Felipe, em frente à zaga, pressionado constantemente pelos meias adversários, e Juninho voltando para ajudar, mas sem sucesso. Marcinho pela esquerda foi a principal válvula de escape, com Edinho pouco efetivo pela direita na primeita etapa. Rogério Ceni organizou sua equipe num 4-4-2 na fase defensiva e um 4-2-4 na ofensiva, mas com dificuldades em segurar os contra-ataques pelo grande espaço deixado no centro de campo. Aos 37 minutos veio o empate: Wellington Paulista cruzou da direita e Marcinho apareceu na área para marcar.
A segunda etapa trouxe mais emoção à torcida tricolor. Marcinho aos 17 minutos fez belo gol de cobertura, e dois minutos depois realizou grande jogada pelo meio, tocando para Osvaldo, recém ingresso, marcar o terceiro. Os gols deram confiança ao Tricolor, segurando os avanços da Chape e administrando bem a vantagem. No fim, o time de Ney Franco procurou achar espaços, mas sem sucesso. 
O Leão levou os três pontos para casa, tranquilizando o torcedor depois de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, sobe para 13º lugar com seis pontos, enquanto a Chapecoense caiu para 15º com quatro pontos.
O próximo adversário do Fortaleza será o Botafogo-PB pela final da Copa do Nordeste, na quinta-feira (23), na Arena Castelão. No domingo (26), recebe o Vasco, também em casa, pelo Brasileirão.

Diário do Nordeste

Em jogo válido pela 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, Ceará recebeu o Grêmio, na noite deste domingo (19), na Arena Castelão. Com gols de Ricardinho e Michel (contra), o Vovô venceu pelo placar de 2 a 1. O cearense Everton marcou o único gol dos gaúchos.

O jogo
Com uma série de mudanças na equipe titular, os donos da casa entraram em campo buscando pelo gol desde o início e não demoraram muito para fazer a festa do torcedor presente no estádio.
Com Thiago Galhardo inspirado, o Vovô abriu o placar aos 10 minutos com passe do meia para Ricardinho, que chutou de fora de fora da área. Aos 22, o camisa 89, que havia iniciado a jogada de contra-ataque, recebeu devolução de João Lucas, chutou para a meta e contou com ajuda de Michel, que tentou tirar o perigo, mas acabou fazendo gol contra. Ceará 2x0 Grêmio.
Bem na partida, o cearense Everton "Cebolinha" foi o autor do gol do time gaúcho. O atacante recebeu na direita, deixou Fernando Sobral no chão e bateu com a perna esquerda para diminuir o marcador. 
Em segundo período de maior pressão dos gaúchos, Fabinho e Luiz Otávio, com desarmes, e o goleiro Diogo Silva, que entrou no intervalo na vaga de Richard e fez grande defesa, se destacaram.
Com o resultado, o Vovô chegou aos seis pontos e subiu para a 12ª posição. Na outra segunda-feira (27), o Ceará vai até Santa Catarina encarar o Avaí pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida está marcada para às 20h, na Ressacada.

Diário do Nordeste

A Polícia Federal cumpre, nesta segunda-feira (20), 12 mandados de prisão preventiva, nove mandados de busca e apreensão e 14 mandados de bloqueio de contas e indisponibilidade de bens dos envolvidos na Operação Las Vegas. A ação tem o objetivo de desarticular associação criminosa que agia na clonagem e uso fraudulento de cartões de terceiros em cassinos nos Estados Unidos. 
Segundo a Polícia Federal, os mandados foram expedidos pela 11ª Vara Federal do Ceará e estão sendo cumpridos em Fortaleza, Caucaia, Beberibe e em São Paulo. A Caixa Econômica Federal reportou um prejuízo de mais de 18 milhões de dólares de fraudes com cartões cometidas nos EUA, entre 2014 e 2018.  
A Polícia Federal afirmou que as investigações começaram depois de provas colhidas em inquérito policial originado de denúncia apresentada pelo Escritório de Segurança Diplomática do Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife.
   
Golpe em cassinos 
O consulado afirmou que residentes no Ceará viajavam para Las Vegas e Atlantic City e efetuavam saques em cheques das máquinas GCA (Global Cash Access), a partir de cartões clonados, e em seguida descontavam esses cheques nas janelas dos caixas dos cassinos.
Ao longo da investigação foram identificadas outras formas de fraudes cometidas no Brasil, como compras de aparelhos eletrônicos de alto valor e compras de viagens, reservas de hotéis, passagens aéreas, com os cartões clonados e ocultação/dissimulação do lucro ilicitamente obtido por meio de transferências para contas correntes de parentes e aporte de capital em empresas.
Os investigados irão responder pelos crimes de furto qualificado pela fraude, associação criminosa e lavagem de dinheiro, de acordo com o nível de participação. 

Na IV Semana Estadual do Júri, que acontece de 10 a 14 de junho, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) estima superar o número de ações penais de crimes contra a vida durante realizadas na última edição do evento. Em 2018, a Semana levou a julgamento 80 processos. Segundo o desembargador Henrique Jorge Holanda Silveira, coordenador da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública do Ceará (Enasp-CE), que organiza a força-tarefa, o total de julgamentos neste ano deve ser maior do que o da edição anterior.
"Todos os juízes do Tribunal do Júri de todas as comarcas do Ceará estão envolvidos. É um trabalho bem árduo, mas todos estão se preparando com muito empenho. O objetivo é dar vazão aos crimes dolosos contra a vida e mostrar para a sociedade que o Poder Judiciário está preocupado em atender à demanda pendente", explica o desembargador, ressaltando que, em três edições, o evento julgou um total de 303 recursos.

Crimes
Ainda conforme o magistrado, a prioridade para os julgamentos serão os réus presos que cometeram crimes dolosos contra a vida, isto é, homicídios tentados e consumados, infanticídio, feminicídio, aborto, instigação ao suicídio e delitos cometidos em torno de bares e casas noturnas.
Os casos que deverão ser julgados no próximo mês já devem ter passado pela fase de colheita de provas, depoimento das testemunhas de acusação e defesa, além do interrogatório do acusado. Nesta etapa, o juiz decide se o réu foi absolvido, se emite uma sentença de impronúncia diante da não confirmação dos indícios alegados. Se optar por desclassificar o crime, por entender que a denúncia à qual o suspeito responde se trata de um outro crime, o juiz pode encaminhar o caso para o Júri.
Não há restrições quanto à data de tramitação do processo, podendo ir a júri denúncias de qualquer período. "Pode ser um muito recente ou um já mais antigo. Por exemplo, um que ocorreu no fim do ano passado, se tiver pronto para julgamento, ele entra. Às vezes, há alguns bem antigos porque tiveram recursos no TJ ou no Supremo Tribunal de Justiça. Não dá para precisar se vai ser um processo novo ou não", justifica o desembargador Henrique Jorge Holanda Silveira.

Diário do Nordeste

Depois da amarga derrota sofrida nas eleições de 2016, o ex-prefeito de Santa Quitéria e principal líder da oposição, Luciano Lobo, fez a sua primeira aparição pública desde então, ao conceder entrevista ao programa "Plenário do Povo", da FM SomZoom Sat, neste domingo (19).
Na entrevista, que durou aproximadamente quarenta minutos, Luciano comentou sobre a sua administração (1997 a 2000) e a de seu filho Fabiano (2013 a 2016), em que ambos perderam na cadeira para a mesma pessoa: Tomás Figueiredo. Não poupou críticas ao seu principal opositor e desconversou sobre mais uma candidatura sua, entretanto, defendeu a união das oposições, a exemplo da recente reunião ocorrida entre os principais nomes cotados para o próximo ano.

Confira os principais momentos da entrevista

Luciano fez rasgados elogios à sua gestão e a de Fabiano, afirmando que foram as melhores da história de Santa Quitéria. Questionado porque as urnas mostraram o contrário em 2016, alegou que houve "desinformação, fake news, invenção de toda espécie", citando também um "pool de emissoras tendenciosas contra ele".

Foi uma das maiores injustiças que o povo fez, taí o resultado. Nós estamos com quase três anos da nova administração, o que esse rapaz fez aqui, agora eu lhe pergunto, o que é que não piorou do Fabiano pra cá? O que foi que melhorou? Em nada."

Reconheceu que Fabiano precisa de correções e que não tem o "cacoete político do interior".

O Fabiano não teve a formação daquele cacoete político do interior, de bater nas costinhas, de ir a um enterro, de cumprimentar as pessoas no mercado, de botar uma mão de farinha na boca e comer um pedaço de rapadura, ele não tem esse hábito, ele tem outros tipos de valores que ele valoriza."

Sobre a administração de Tomás Figueiredo, fez reiteradas críticas, citando que veio mais dinheiro do que na época de seu filho e considerou uma "palhaçada" o estado de emergência decretado por Figueiredo no começo de 2017.

A situação caótica, pré-falimentar que se encontra nossa administração, não tem nada que tenha sido feito aqui. Não se aponta uma obra, não se aponta nada, que se indique uma gestão proba, honesta, de boa aplicação dos recursos do povo. (...) Tudo inventado pra justificar desvio e não realização de licitação. Estamparam interditado. Aquilo é uma palhaçada. Interditado pra que? Pra justificar a elaboração de um decreto de emergência pra poder não fazer licitação e se apropriar."

Sobrou, até mesmo, para o ex-prefeito Joaquim Muniz, morto em 2015.

Eu pensei que o tempo do Joaquim Muniz não ia se repetir, mas com todo respeito à memória do Joaquim Muniz, mas essa administração tá pior do que a do Joaquim Muniz."

Perguntado sobre a possibilidade de união e os possíveis nomes, se colocou à disposição, desde que o 'ungido' tenha o "gosto da urna", a simpatia do povo e sobretudo, a presença nas pesquisas, além de fazer boas menções à Chagas Mesquita, Braguinha e Marcelo Magalhães. 

"Eu já tenho reiteradas vezes dito, repetido e continuo dizendo: eu não estou às cascas por prefeitura. Eu estou para a união das oposições. Agora temos que escolher um candidato de realidade eleitoral plausível, viável para derrotar o candidato que está aí, que está com muito dinheiro, muita condição, a máquina na mão e ele usa isso contra. Eu não faço questão. (...) A oposição tem que se conscientizar que tem que marchar unida, todo mundo de mãos dadas, trabalhando. Agora se não houver, a coisa fica meio difícil."

Coadjuvante em praticamente todos os processos eleitorais recentes, o PT (Partido dos Trabalhadores) quer atuar nas eleições de 2020 em Santa Quitéria com uma nova linha. Na manhã do último sábado (18), no Sport Clube Quiteriense, o diretório municipal da sigla promoveu um ato de filiações e de apresentação dos seus pré-candidatos.
Além dos filiados históricos, estiveram presentes ao evento, o deputado federal José Guimarães, deputado estadual Moisés Braz, empresários, representantes de movimentos sociais e de outros partidos de oposição à administração local, como PDT, Podemos e PTB.
De acordo com o presidente Homero Novaes, o desejo é de apresentar candidatura própria à Prefeitura de Santa Quitéria, haja vista que o partido participou apenas uma vez da disputa majoritária, em 1988 com o ex-vereador José Wellington Moura; sem deixar de defender que haja o consenso entre as oposições.
Para o Paço Municipal, disputam a preferência do partido, os advogados Renato Catunda, dissidente do grupo do ex-prefeito Fabiano Lobo e Amisternaldo Alves, quiteriense residente na capital. Ambos ex-procuradores do Município, que já correm nos bastidores buscando aglutinar apoios às suas pré-candidaturas, além de outros seis nomes que deverão ser lançados ao Legislativo.
Os discursos feitos pelos novos filiados e outros presentes sinalizaram que o PT quer protagonismo no cenário local, com o total aval da cúpula estadual, para garantir presença até outubro do próximo ano.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget