Últimas Notícias

Uma mulher de 60 anos faleceu neste sábado (28), no Hospital Regional Norte, em Sobral. A paciente é a quiteriense que deu entrada no Hospital Municipal de Santa Quitéria, a sete dias atrás, com insuficiência respiratória e desde então, se encontrava internada com quadro de saúde agravado e com SUSPEITA do novo coronavírus.

Segundo informações levantadas pelo A Voz de Santa Quitéria, a mesma residia no bairro Cohab e era acometida de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, e que seguia entubada sem apresentar melhora. 

Ela foi a primeira pessoa notificada no município com SUSPEITA de COVID-19. No mesmo dia em que deu entrada no HRN, foi submetida ao teste para afirmar se contraiu ou não a doença, no entanto, até o momento, o resultado não foi divulgado.

As autoridades sanitárias de Sobral solicitaram urgência na liberação para que possam se pronunciar de forma oficial. Ao A Voz de Santa Quitéria, a assessoria do Hospital Regional enviou somente o boletim epidemiológico divulgado pelo Governo do Estado. A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Saúde de Santa Quitéria, também foi contactada e aguarda o laudo.

Sem a resposta, o enterro da senhora acontece ainda na noite deste sábado (28), no distrito de Raimundo Martins, zona rural do município e sem a realização de velório, conforme determinação da Justiça cearense.

Boletim epidemiológico (Clique no link e confira completo)

Fotos: Fábio Dourado
Moradores de Varjota e toda a região Norte estão vivendo uma grande expectativa: após nove anos, o açude Paulo Sarasate (Araras) deverá sangrar nas próximas horas. A última medição, feita na manhã de hoje (28), apontava 90,3% para transbordar, faltando apenas 78 centímetros.

O reservatório teve uma grande recarga com a enchente da última quarta, no município de Hidrolândia. A sangria do Araras também representa cheia no Rio Acaraú, por isto, o Comitê de Bacias e a Cáritas Diocesana já orienta aos que moram próximo ao Rio, em cidades como Sobral, que fiquem em alerta para deixar suas casas a qualquer momento.

O Rio Acaraú já segue com uma forte correnteza desde então, inclusive já têm provocado alagamentos.

O açude Paulo Sarasate é o maior reservatório da região e o quarto maior do Ceará, perdendo apenas para o Castanhão, Orós e Banabuiú. Mesmo estando em período de quarentena, se aguarda muitos visitantes que contemplarão esta beleza da natureza se repetindo mais uma vez.

Após reunião com autoridades de saúde do Ceará, o governador Camilo Santana (PT) falou que as decisões que serão tomadas no Estado “levarão em conta aspectos econômicos”, “mas, em primeiro lugar, será considerada a saúde das pessoas”.

Questionado se deve renovar o decreto de quarentena que suspendeu as atividades do comércio e o transporte intermunicipal, o chefe do Executivo respondeu: “Não podemos aumentar o risco da nossa população. Ela precisa ser protegida. E disso não abrirei mão. Se tiver que errar, que seja pelo excesso e não pela omissão”.

De ontem para hoje, Camilo teve encontros virtuais com representantes do setor produtivo, que pressionam o governador a autorizar a retomada dos trabalhos a partir desta segunda-feira, 30. Nessa sexta-feira, o presidente da República Jair Bolsonaro afirmou que eventual responsabilidade por danos financeiros seria dos gestores estaduais.

O governador deve decidir amanhã se prorroga ou não a validade do documento que determinou isolamento e suspensão temporária por dez dias, publicado no dia 20/3. O prazo expira na segunda.

O POVO Online

O corte, por três meses, de 50% nas verbas destinadas ao Sistema S pode provocar o fechamento de 265 unidades do Sesc e do Senac e causar a demissão de 10 mil funcionários, afirmou hoje, em nota, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A medida, equivalente a R$ 2 bilhões, foi anunciada pelo governo como uma das ações de apoio a empresas para combater a crise do coronavírus.

A entidade disse ter enviado a todos os governadores documento que mostra que o corte também provocaria a redução de 36 milhões de atendimentos, muitos deles em áreas carentes.

Segundo a CNC, o corte resultaria em 144 unidades do Sesc fechadas e 6.670 funcionários demitidos, enquanto o Senac teria 121 unidades fechadas e 3.540 colaboradores dispensados.

A CNC enviou ao presidente Jair Bolsonaro a sugestão de, em vez dos cortes, que seja instituído um plano de combate ao coronavírus nas unidades, no valor de R$ 1 bilhão, com a ampliação e interiorização das ações de atenção primária à saúde e compra e disponibilização de respiradores e outros equipamentos necessários para o tratamento de infectados.

Valor Econômico

O Ministério da Saúde distribuiu aos estados um plano de transição à quarentena adotada para combate à pandemia do coronavírus. A proposta prevê que escolas e universidades fiquem fechadas até o fim do mês de abril, com possibilidade de extensão também para o mês de maio. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

O documento, elaborado pela equipe técnica do ministério, foi enviado a secretários de saúde na manhã deste sábado (28).

O planejamento também sugere que haja afastamento de idosos e pessoas de grupos de risco de atividades sociais e trabalho por três meses, além de outras medidas de distanciamento para o restante da população —incluindo veto a eventos, cinemas, cultos e incentivo a práticas de home office.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget