PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Caldeirões foi o primeiro açude a sangrar no Ceará em 2018

O açude Caldeirões, na cidade de Saboeiro, atingiu 100% da sua capacidade nesta terça-feira (20). Este foi o primeiro dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) a sangrar neste ano.
O reservatório sangrou após o acúmulo de 127 milímetros de chuvas ocorridas em Saboeiro desde o início de fevereiro, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Principais açudes ainda secos
Mesmo com as chuvas, os maiores açudes do Ceará seguem quase totalmente secos. O Castanhão, maior reservatório do país, tem atualmente 2,1% da sua capacidade, conforme a Cogerh; e o Orós, segundo maior do estado, 5,83%. Isso deve ocorrer com o aumento do volume de água nas bacias que recarregam o reservatório.

O POVO Online
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget