PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



2.200 denúncias recebidas pela SSPDS desde o início dos ataques

A busca para cessar os ataques e prender criminosos responsáveis por causar pânico nas ruas há 10 dias tem tido a ajuda direta da população cearense. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), desde o dia 2 de janeiro deste ano, data da primeira ofensiva registrada desta sequência de crimes, foram recebidas cerca de 2.200 denúncias enviadas pelo 181 do Disque-Denúncia da Pasta e também por meio do Whatsapp da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).
O balanço é que, somados os dois canais, a cada dia, a Pasta vem recebendo uma média de 275 denúncias enviadas pela população. O delegado titular da Draco, Harley Filho, destacou que o auxílio da população vem, junto ao policiamento ostensivo e investigativo, sendo essencial para a redução no número de ataques.
"Essas denúncias enviadas são de suma importância. Muitas vezes, o que a Polícia consegue evitar não aparece para todos. A verdade é que a população tem entrando em contato e muito vem sendo evitado. Como os acontecimentos estão sendo muito dinâmicos, não sabemos exatamente quantos ataques foram evitados. Às vezes, um deslocamento da viatura ao local informado pelos nossos canais faz com que o criminoso já recue. É mais importante evitar o crime do que prender", disse.

Para denunciar, ligue para 181 ou envie mensagem para o Whatsapp da Draco: (85) 98969-0182

Até as 17h de ontem, 287 suspeitos foram capturados por participação nos atos criminosos. Dentre as recentes prisões, está a da quadrilha envolvida no atentado contra uma concessionária de veículos, na Praia do Futuro. Ontem, policiais militares capturaram cinco pessoas e apreenderam armas e drogas. Quatro adolescentes foram apreendidos e um adulto preso.
O titular da Especializada acrescentou que o índice de denúncias falsas vem sendo baixo. Para Harley Filho, isso demonstra que "a população se conscientizou do tamanho do problema, já que todos nós estamos vivenciando um período caótico".
O delegado revelou que a maior parte dos presos pertence à facção criminosa Comando Vermelho. Há também membros vinculados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e Guardiões do Estado (GDE) envolvidos.
Conforme a SSPDS, com relação aos adolescentes infratores apreendidos, finalizado o procedimento na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), o suspeito é encaminhado para o Poder Judiciário. Harley disse ainda que os presos no Interior do Estado ficam na própria comarca, onde serão encaminhados os processos locais.
"Muita gente no Interior têm nos ajudado. Os ataques se pulverizaram para lá. Equipes das Polícias do Ceará inteiro estão voltadas para a investigação deste momento. Tenho certeza que os trabalhos de todos estão sendo bem desempenhados. Estamos vivendo um momento turbulento, mas que trará bons resultados para a Segurança Pública. Não vamos parar, muito menos recuar. Agora é só para a frente", destacou o policial civil.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget