PUBLICIDADE



Caso Várzea de Cima: Em entrevista exclusiva, envolvidos contam como tudo aconteceu

O caso de envenenamento de três pessoas, registrado na última sexta (18), na localidade de Várzea de Cima, zona rural do município de Santa Quitéria, ganhou proporções estaduais, com a exibição de uma reportagem nesta terça (22), na TV Verdes Mares, onde os familiares envolvidos relataram, com detalhes, como tudo aconteceu.


Um dos sobreviventes, Manuel Farias de Lira, contou que era acostumado a pegar alguns produtos na casa de seu irmão, José Lira Farias, como queijo, nata e outros e acabou pegando o pedaço de toucinho, sem saber que estava com raticida.


O fato teria ocorrido no horário do almoço e momentos depois, a vítima Raimundo Elias Farias de Lima começou a se queixar de mal estar, com ânsia de vômito. Por conta da dificuldade de acesso à cidade, ele só foi socorrido duas horas depois e já estava sem vida quando deu entrada no Hospital Municipal de Santa Quitéria.
Assim como Manuel e Raimundo, a mãe deles, Sebastiana Farias de Lima, 84, também ingeriu a carne envenenada e foi socorrida para a unidade, onde recebeu alta no mesmo dia.


José Lira, confirmou que colocou o veneno na comida para acabar com uma infestação de roedores e como não estava no local, quando um de seus irmãos pegou a carne, não conseguiu avisar. "Nunca pensei em fazer isso. Se fosse pro povo pegar isso, eu não tinha deixado. Eu confiei que morava na casa sozinho, botava onde quiser", afirmou, ainda emocionado, pela morte de seu irmão.
Ele foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Nesta quarta (23), a delegada de Polícia Civil, Joseanna Oliveira, deverá colher os depoimentos de mãe e filhos, que serão determinantes para esclarecer a situação.
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget