PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Flávio Bolsonaro deixará a presidência do PSL no Rio

O senador eleito Flávio Bolsonaro vai deixar a presidência do PSL no Rio de Janeiro. O filho do presidente Jair Bolsonaro está no cargo desde que a família decidiu migrar do PSC para o PSL. À época, em 2018, ele assumiu o cargo interinamente, em um mandato que ia até o dia 30 de junho deste ano. No entanto, ele deve deixar o posto já em fevereiro.
"Já cumpri minha missão, que era estruturar o partido, em poucos meses, para a disputa eleitoral. No Rio, elegemos as maiores bancadas para a Assembleia Legislativa e para a Câmara dos Deputados. Agora, vou assumir a cadeira no Senado, onde tratarei das questões nacionais. Serei um defensor do Estado do Rio de Janeiro em Brasília", disse Flávio Bolsonaro, por meio de nota da sua assessoria.
Como apurado pelo 'Globo', há quatro nomes entre os favoritos para a sucessão de Flávio: o empresário Paulo Marinho, 1º suplente de Flávio no Senado, o secretário de Ciência e Tecnologia do governo do Rio, Leonardo Rodrigues, o deputado federal Márcio Labre e a deputada estadual Alana Passos. Como explica a publicação, a decisão deve acontecer por consenso entre os líderes do partido, incluindo o presidente Jair Bolsonaro.
Ainda de acordo com a reportagem, o afastamento antecipado do cargo seria para preparar a defesa no caso revelado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que expõe movimentações financeiras atípicas em sua conta e na de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget