PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Mortos em Palmácia eram de facção e são suspeitos de assaltar escola no dia anterior

As seis pessoas mortas em um sítio em Palmácia na manhã desta quinta-feira (24) eram de uma facção criminosa e são suspeitos de assaltar uma escola na noite desta quarta-feira (23), segundo policiais que foram ao local fazer os primeiros levantamentos. No assalto à Escola Estadual de Educação Profissional Maria Giselda Coelho Teixeira, que fica na mesma rua do sítio, foram levados cofre, arma e colete do vigilante. 
Policiais militares foram informados sobre o sítio que servia de base para o bando, apontado como autor de assaltos e homicídios na região, além da suspeita do rouba à escola. Equipes seguiram até o ponto indicado e montaram o cerco, para capturar os integrantes do grupo, que reagiu, segundo a polícia. 
No sítio, existem três casas e os homens estavam em redes e colchões nas varandas.
Dois suspeitos ficaram feridos no tiroteio e outros dois foram presos. Um policial levou um tiro na mão e o outro machucou a perna.

Moradores
Testemunhas contaram que ouviram muitos tiros durante a manhã desta quinta-feira. Um morador que não quis se identificar disse que acordou com o barulho. "Ouvi os papocos e pensava que eram fogos. Jamais imaginei que fosse tiro", disse. 
Uma equipe da Perícia Forense do Estado (Pefoce) foi acionada em Fortaleza para fazer a retirada dos corpos, que foram levados a um hospital da cidade. No hospital, a irmã de um dos presos disse que não via o parente há dois meses.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget