Visitas estão suspensas "até terminarem os ataques”, diz secretário Mauro Albuquerque

Recém-empossado na Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) no segundo mandato do governo Camilo Santana (PT), o policial civil Luís Mauro Albuquerque afirmou na manhã desta sexta-feira (25), com exclusividade ao jornalista Roberto Moreira do Sistema Verdes Mares, que as visitas de familiares de detentos em presídios onde sejam dados comando para ataques criminosos serão suspensas até que essas ações cessem no Estado.
“Onde está tendo alguma movimentação de querer dar comando, através de visitas, pra rua, não tem. Está suspenso até terminarem os ataques”, afirmou Mauro Albuquerque.
Segundo ele, entretanto, a suspensão de visitas não atinge todos os presídios. "Algumas unidades estão, outras não. Estamos visualizando isso", disse. Segundo a SAP, atualmente as visitas estão suspensas em cinco unidades: 
  • Unidade Penitenciária Francisco Adalberto de Barros Leal (antigo presídio do Carrapicho), em Caucaia
  • Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL I), em Itaitinga
  • Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), em Itaitinga
  • Unidade Prisional Professor José Jucá Neto (CPPL III), em Itaitinga
  • Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, em Itaitinga
Desde o primeiro fim de semana do ano, dias após o início dos ataques, duas unidades prisionais tiveram as visitas de familiares suspensas pela SAP na CPPL I e na CPPL III. Desde então, as outras três foram acrescentadas.

Fim das regalias
O secretário fez questão de dizer que os presos não possuem mais regalias. E que, no decorrer do trabalho, o sistema prisional do Ceará ficará organizado.
“Com as mudanças nos procedimentos foram retiradas um monte de regalias que existiam. Tipo televisão, rádio, celular, eletricidade nas celas. Detalhe: não estamos deixando [os presos] no escuro. A iluminação existe", explicou. A medida de retirar tomadas elétricas de dentro das celas, segundo ele, é para evitar a recarga da bateria de celulares "quando conseguem entrar". "Estamos reorganizando o sistema. Neste sistema, o Estado tem o controle total”, afirmou.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget