No Ceará, 3.113 pessoas são monitoradas por tornozeleira eletrônica; 161 estão foragidas

Estatísticas do sistema penitenciário cearense mostraram que o último mês de janeiro terminou com 161 pessoas que usam tornozeleiras eletrônicas foragidas. Em dezembro de 2018, eram 139 os foragidos.
Os dados de janeiro da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) mostram que o Estado tem 3.113 pessoas monitoradas pelo equipamento - 79,2% são homens e 20,8% são mulheres.
Entre os monitorados ativos, por tipo de decisão, 672 (25,5%) estão em prisão domiciliar, 272 (10,2%) por trabalho externo, dois (0,4%) por saída temporária e 134 (5%) cumprem medida protetiva por violência doméstica. A maioria, 2.032 (59,5%), são monitorados enquanto cumprem medidas cautelares.
Os números de dezembro da SAP mostram que, dos monitorados por tornozeleiras, eram 626 do gênero feminino e 2.149 do masculino.

Jéssika Sisnando
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget