Ciro é vaiado em evento da UNE e repete frase de Cid: “Lula está preso, babaca”

Palestrante convidado, Ciro Gomes (PDT) foi hostilizado durante discurso na Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE), na manhã desta quinta-feira, 7, em Salvador. O ex-candidato à Presidência da República, derrotado ainda no 1° turno, foi chamado de corrupto e negou a acusação. Na resposta, o pedetista relembrou uma das frases mais marcantes durante o segundo turno das eleições presidenciais dita pelo o irmão Cid Gomes.
“Eu estou solto. Eu sou limpo. eu sou limpo. Lula está preso, babaca”, rebateu ao ser chamado de corrupto. A frase foi dita pelo menos outras três vezes de acordo com vídeo compartilhado nas redes sociais. Ciro afirmou ainda que os jovens eram obrigados a defender corrupção, aparelhamento do Estado e formação de quadrilha.
“Desculpa, não sou eu que condenei o Lula. Não está na minha mão liberar Lula. Eu avisei que se a direita ganhasse as eleições, o Lula ia ficar encarcerado por muito mais tempo. Todo mundo pode vomitar paixão que quiser, mas enquanto a gente ficar assim, acreditando em minorias ínfimas, esmagadoramente derrotados que fomos… companheiros, nós fomos humilhantemente derrotados por essa estratégia. Insistir nela afunda o Brasil”, analisou, antes de terminar o discurso.
Na Bienal da UNE, Ciro Gomes participou da mesa “Os desafios da conjuntura para o desenvolvimento nacional”. Entre os palestrantes da mesa estavam Sônia Guajajara, líder indígena e ex-candidata a vice-presidente pelo PSOL, Luciana Santos, vice-governadora de Pernambuco, Ivan Alex (secretário nacional de Movimentos Sociais do Partido dos Trabalhadores-PT).

O Povo Online
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget