PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Regiões de Ubajara são evacuadas por risco de rompimento da barragem de açude Granjeiro

Após a barragem do açude Granjeiro ser submetida a avaliações da Defesa Civil, áreas rurais do entorno da barragem no município de Ubajara começaram a ser evacuadas na noite deste sábado (16). Segundo o prefeito da cidade, Renê Vasconcelos, as 513 famílias que habitam o local já começaram a se deslocar para as casas de parentes. Idosos e pessoas com dificuldade de locomoção serão encaminhadas ao Santuário da Mãe Rainha, situado no bairro São Sebastião, numa área afastada da barragem.
Por orientação da Agência Nacional de Águas (ANA), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros (Cedec/CBMCE) está atuando na evacuação de famílias que moram ao longo do leito do rio Jaburu, na serra da Ibiapaba, juntamente com a Prefeitura Municipal de Ubajara e com órgãos municipais de Defesa Civil, informou o tenente Romário, do Corpo de Bombeiros.
A medida é de caráter preventivo e se justifica pela etapa atual das obras de abertura de um novo sangradouro para o açude Granjeiro, localizado entre Ubajara e Ibiapina. De acordo com o prefeito de Ubajara, Rene Vasconcelos, as obras contam com o apoio dos municípios de Tianguá e Ibiapina, que disponibilizarão equipamentos para auxiliar o processo. A previsão é de que o novo sangradouro seja concluído entre segunda (18) e terça-feira (19).
Equipes da Secretaria de Recursos Hídricos do Governo do Ceará (SRH) e da ANA  estão no local realizando trabalhos de reforço da barragem.
"Neste momento, está sendo feita uma redução controlada do nível do açude, que se encontra bastante elevado. Por precaução, as comunidades ribeirinhas estão sendo realocadas temporariamente, até o fim desta etapa do processo", explica o tenente.

Comunicado oficial
Em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, o prefeito da cidade, Rene Vasconcelos informou que o Santuário possui infraestrutura básica de atendimento para receber as famílias. "Está chovendo nas cabeceiras do rio, e temos a necessidade de fazer a remoção das pessoas que estão à jusante do rio. O risco de rompimento é minimo, mas existe, e não podemos trabalhar com nenhuma possibilidade de risco, por isso estamos fazendo esse trabalho que é altamente preventivo".
Réguas foram instaladas para monitorar o nível da água contida na barragem, segundo o prefeito, e uma equipe deverá passar a noite em cima da barragem para realizar o monitoramento.
Ainda segundo o gestor, foram mobilizados policiais para fazer a segurança das casas e garantir que os moradores das regiões evacuadas tenham seus pertences protegidos. Renê informou, ainda, que os municípios de Ibiapina e Tianguá, que ficam próximos de Ubajara, disponibilizaram equipes de segurança, ambulâncias e transporte para ajudar a operação.
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget