PUBLICIDADE



Bolsonaro aprova plano de privatização dos Correios e não agrada estatal

O presidente Jair Bolsonaro confirmou na manhã desta sexta-feira (26), a aprovação do plano de privatização dos Correios. As informações são do portal Olhar Digital.
Segundo Bolsonaro, a ideia do governo com a privatização é modernizar a gestão da estatal e dar mais liberdade para se moldar às necessidades do mercado dos dias atuais.
“A empresa foi o início do foco de corrupção com o mensalão, deflagrando o governo mais corrupto da história”, justificou o presidente em seu perfil no Twitter.
Os Correios, no entanto, não se mostraram satisfeitos com a ideia de privatização, em um comunicado publicado em seu site em resposta a uma coluna publicada na Gazeta do Povo.
Quanto aos escândalos de corrupção no passado, os Correios disseram que os “casos foram esclarecidos à época e hoje a empresa é referência em governança entre as estatais”.
A empresa afirma ainda, que “a privatização pura e simples do correio brasileiro será uma perda tanto para o país quanto para a sociedade”.
O texto diz que “falar sem conhecer o universo complexo que envolve os Correios, usando argumentos rasos e dados desatualizados é, no mínimo, irresponsável quando se trata de formadores de opinião que escrevem para um veículo de comunicação”.
A empresa finaliza o texto afirmando que “o debate sobre o assunto deve ser feito de modo cuidadoso, consciente e sempre comprometido com a verdade”.

Diário Online
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget