PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Defesa Civil envia equipes a Santana do Acaraú

Depois de o açude Pilões, localizado em Santana do Acaraú, apresentar erosão e o sangradouro ficar obstruído, equipes da Defesa Civil do Ceará realizam, nesta quinta-feira (4), ações de monitoramento nas comunidades mais atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias. 
O órgão também avalia a situação de outros distritos do município, como Ipueirinhas, na zona rural, distante 30km da sede. O açude, de mesmo nome, está a 45cm de sangrar e 560 pessoas de oito comunidades estão no curso da água. 
Contudo, a Defesa Civil descarta riscos de alagamentos.  "Não há necessidade de deixar as casas. Nós temos um sangradouro que está completamente obstruído. Esse sangradouro foi muito bem direcionado, tem em torno de 40 metros e com certeza ele vai dar vazão ao volume excessivo de água que pode acontecer aqui. Na verdade, o que falta ser feito é a retirada de cercas que estão obstruindo a passagem das águas e vegetação. Feita essa limpeza é tranquilidade", explica o técnico Wilson Maranhão. 
A expectativa é que até o fim do dia, técnicos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) que viajaram de Fortaleza para Santana do Acaraú, apresentem um parecer sobre a barragem em situação mais crítica. 
Conforme a prefeitura do município, todas as comunidades estão sob monitoramento, além do açude de Pilões. “Estamos tranquilos, acompanhando a situação. Não é necessário pânico”, garante o assessor de comunicação Jonathas Vale. 

Diário do Nordeste
Cadernos:
[disqus][facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget