PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Kim Kataguiri denuncia e espera que deputadas do PT sejam suspensas por seis meses

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), após a CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania), que foi realizada ontem (9), tomou a decisão de representar as deputadas Maria do Rosário, Erika Kokay e Gleisi Hoffmann – todas do PT – no Conselho de Ética da Câmara.
O jovem deputado, 23, embasou-se nas “infindáveis questões de ordem sem fundamento”, apenas para obstruir a votação, para não deixar o relatório sobre a reforma da Previdência ser votado. Além disso, comentou que um dos pontos cruciais foi a forma como as deputadas se manifestaram. Utilizaram-se de forma agressiva, com gritos e tapas na mesa de Felipe Francischini (PSL), presidente da Comissão.
Por meio de vídeo em seu canal no YouTube, Kim Kataguiri delcarou: “estou preparando requerimento de representação para que as deputadas sejam devidamente julgadas e punidas pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados com, no mínimo, uma suspensão de mandato de pelo menos seis meses. Porque a gente precisa dar o exemplo, mostrar que a Casa que faz as leis, cumpres suas leis, e seu regimento interno; trabalha para população e não fica subindo no palaque político para um ficar jogando tomate um no outro em cima do picadeiro”.
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget