PUBLICIDADE



Metade dos diretores do país diz que alunos agridem funcionários na escola

Metade dos diretores da rede pública de todo o Brasil afirma já ter havido agressão verbal ou física de alunos a professores ou funcionários da escola. Além disso, 9,9% dos diretores relataram ter sido ameaçados por algum aluno, 16,7% afirmaram que estudantes frequentaram aulas sob efeito de bebidas alcoólicas e 22,5% disseram que alunos frequentaram aulas sob efeito de drogas ilícitas.
Entre os próprios estudantes, a violência é ainda mais frequente: 72,4% dos professores dizem ter havido no último ano agressão física ou verbal entre os alunos.
Os dados constam de uma análise dos questionários do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) 2017, o mais recente da série histórica, divulgada hoje pelo Iede (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional).
O Saeb é um conjunto de provas de escala nacional que testa conhecimentos de língua portuguesa e matemática. Junto ao exame, um questionário sobre aspectos como infraestrutura, segurança e recursos pedagógicos é entregue a alunos, professores e diretores.
Apesar dos altos índices de agressão no ambiente escolar, 72% dos diretores disseram, ao responder o questionário, que há projetos sobre violência na escola onde trabalham.

UOL
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget