PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Estudantes denunciam que foram vítimas de diplomas falsos em Hidrolândia

Dezenas de estudantes do município de Hidrolândia procuraram, entre a segunda-feira (17) e a quarta-feira (19), a Delegacia de Polícia Civil de Santa Quitéria para registrar boletins de ocorrência contra um instituto de educação superior, após terem sido surpreendidos com seus diplomas sem qualquer validade.
Durante quatro anos, 23 jovens cursaram bacharelado em Educação Física pelo IFESC (Instituto de Formação Superior do Ceará), tendo concluído em dezembro de 2017, colado grau em maio de 2018 e recebidos os diplomas em dezembro do mesmo ano, pela FAEFI (Faculdade de Educação Física de Barra Bonita), que fica no interior de São Paulo.
Com o diploma em mãos, alguns deles buscaram o CREF5 (Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região), com sede em Fortaleza, para emitir o seu registro profissional.
Para a surpresa dos formados, o diploma não foi aceito, haja vista que a FAEFI não possuía credenciamento do MEC para ensino a distância, além da confirmação feita pelo CREF5 junto à referida faculdade, de que os alunos não estudaram naquela instituição, assim percebendo se tratar de um golpe.
O A Voz de Santa Quitéria esteve na Delegacia acompanhando o caso e tentou conversar com as vítimas, que preferiram não falar. O delegado Ivanildo Alves afirmou estar toda juntando toda a documentação, para dar início as investigações.
Casos de institutos e faculdades de outros estados, ofertando cursos técnicos e superiores e enganando os estudantes, tem acontecido com grande frequência no interior do Estado, o que já foi denunciado ao Ministério Público Federal e está nas mãos do Judiciário para dar encaminhamentos mais rigorosos.
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget