PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Quatro jovens morrem afogados após carro cair em açude na volta de festa em Barro

Quatro jovens morreram após o motorista do carro em que vinham perder o controle em uma curva e cair dentro de um açude, em Barro, no Cariri do Ceará, na noite deste domingo (9). O grupo voltava de uma festa em um sítio das proximidades. As vítimas são duas irmãs e outros dois jovens, um homem e uma mulher. Uma quinta pessoa, que também estava no veículo, sobreviveu.   
As irmãs são Joseny Barbosa de Freitas, 26 anos, e Jandira Barbosa de Freitas, 22 anos. O rapaz foi identificado como Pedro Damião Junior, 27 anos, e a quarta vítima é Valéria Arauna da Silva, 21 anos. Pedro dirigia o carro. O familiar de uma das vítimas disse que o rapaz não era da cidade e, por isso, não conhecia a estrada.


A sobrevivente é Amanda Duarte Teles, de 20 anos. Ela conseguiu nadar para fora do veículo, e confirma que o motorista vinha em alta velocidade. Segundo ela, o carro capotou após ele frear ao se deparar com uma curva.   
“Ele vinha em muita velocidade, fazendo “caracol” na estrada. Na hora que ele viu a curva, ele freou. Aí, como tava muito veloz, o carro capotou, capotou muito. Eu segurei minha cabeça pra não quebrar meu pescoço, não fechei o olho um minuto”, narra a sobrevivente.  

Motorista estava alcoolizado
Emocionada, ela conta também que o grupo estava bebendo, incluindo o motorista, e que, antes de conseguir sair do açude, lembra de ver os amigos presos dentro do carro.
“Eu vi elas agonizando dentro d’água e não podia fazer nada, nada, nada. Se eu ajudasse a elas eu morria junto. Não era o dia de eu morrer. É um trauma eterno. Foi Deus! Nasci de novo. Foi Deus que me tirou dali, não sei como consegui sair”, relembra, aos prantos.  
Primo de Valéria, uma das vítimas, Marco Antônio de Araújo diz que a jovem era filha única. "O clamor da família é muito grande, a única filha que a mulher tinha era ela. Jovem de 21 anos de idade, acontecer um triste acidente desse, a gente fica abatido."  
O carro e as vítimas foram retirados da água com ajuda de populares. O Samu foi ao local e realizou os primeiros socorros, no entanto, os quatro jovens não sobreviveram.   
“As pessoas da frente já estavam mortas, ele [motorista] morreu buzinando com a cabeça, o carro ficou buzinando sem parar”, conta Amanda.  
A sobrevivente chegou a engolir água e desmaiar algumas vezes, mas saiu do acidente sem ferimentos.   
“A sensação é que tô morta por dentro, mas feliz por estar viva cuidando de meu filho, ao lado de minha mãe. Mas meus amigos se foram”. Amanda tem um filho de três anos.
O caso foi registrado na Delegacia de Brejo Santo e a investigação vai ficar a cargo da Delegacia Municipal de Aurora.

Diário do Nordeste
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget