PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



Apenas uma candidata foi aprovada na prova do Conselho Tutelar em Santa Quitéria

A eleição do Conselho Tutelar em Santa Quitéria ganhou um capítulo jamais esperado: de 35 candidatos que fizeram a prova de caráter classificatório, apenas uma atingiu o percentual mínimo de 70%. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (12), pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que coordena os trabalhos.
A prova, aplicada no último dia 07, foi elaborada pela comissão especial, juntamente com o Ministério Público do Estado do Ceará, contendo 20 questões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, sendo 18 objetivas e duas subjetivas.
A maior nota obtida foi 7,2 pela candidata a reeleição Luíza Érica Oliveira Barbosa, que já está classificada para a nova etapa, enquanto o pior desempenho foi de 0,5. Por conta deste fato, uma nova prova será elaborada e aplicada na terça-feira (16), às 14h na EEEP Monsenhor Luís Ximenes Freire, permanecendo em 20 questões e alterando a média para 50%.
Em entrevista à Plus FM Santa Quitéria, a presidente do CMDCA Jordana Silva se surpreendeu com o maior número de postulantes às cinco vagas em toda a história e a "decepção" de apenas uma aprovação. "A prova foi a nível geral, quem viu a prova pode perceber o nível... que eles possam colocar na cabeça que o cargo que estão se propondo é um cargo que coloca em risco as nossas crianças. Que eles tenham respeito pelo cargo de conselheiro tutelar", afirmou.
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget