MPCE vai pressionar prefeituras para que implantem fiscalização rigorosa no trânsito

MPCE vai pressionar prefeituras para que implantem fiscalização rigorosa no trânsito

Quem anda nas cidades do interior do Ceará, percebe de longe, o quanto o trânsito não tem controle e fiscalização. Cidades usando do “faz de conta” quando o assunto é fiscalização e punição aos infratores que insistem em faltar com respeito às leis vigentes do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Baseado nessa realidade, o Ministério Público vai pressionar as prefeituras que assumam responsabilidade diante do caos que mensalmente mata pessoas e prejudica a vida das pessoas.
Segundo levantamentos realizados pelo órgão, há cerca de 20 municípios atuando e integrados ao sistema nacional de trânsito. No papel, há 69 cidades que criaram o órgão, mas, na prática, não operam neste Estado com 184 cidades. Ou seja, o Interior vive situação de abandono em matéria de fiscalização.
O promotor de justiça Hugo Porto tomou à frente e iniciou a campanha Municipaliza, tendo apoio do Detran, Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa e da Associação Cearense para o Desenvolvimento dos Municípios (ACDM).
Vários encontros e oficinas estão sendo tocados com as prefeituras. Aliás, só em 2018, o IJF registrou 62 mil atendimentos: 20% só de acidente de trânsito. Com motociclistas pilotando os dados.

Blog do Eliomar