PUBLICIDADE



Sem previsão de entrega, emissão de RG gera reclamações em Santa Quitéria

Moradores de Santa Quitéria têm enfrentado nas últimas semanas, bastante dificuldade para a emissão da Carteira de Identidade. Quem se dirige ao Centro Administrativo da Assistência Social em busca de emitir o documento, retorna com desânimo e em muitas das vezes, nem chega a enfrentar a fila.
Relatos feitos ao A Voz de Santa Quitéria dão conta de pessoas que já esperam o documento a, pelo menos, cinco meses e sem qualquer previsão para o recebimento. Por conta desta burocracia, que também se estende a outros municípios cearenses, aposentados e beneficiários de programas sociais estão sendo prejudicados, quando o Registro Geral é solicitado para algum procedimento.
Sem esperar pela morosidade do Estado, os que demandam urgência tem procurado a unidade do Vapt Vupt, na cidade de Sobral, onde enfrentam grandes filas, mas conseguindo obter o documento em um prazo de até 15 dias. Como muitos não dispõem de condições de ir até lá, a alternativa tem sido pressionar o Ministério Público do Estado do Ceará, para cobrar agilidade na resolução deste problema.
A pasta responsável pela emissão, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) alegou uma atualização do documento de identidade, feita pela Perícia Forense em julho passado, incluindo 14 novas informações e medidas de segurança. A inserção dos novos dados fez com que o tempo de atendimento fosse estendido, bem como o prazo para emissão, já que há uma atualização de sistema e o cuidado com as novas medidas de segurança. 
“Para minimizar o transtorno, a SPS, que gerencia as Casas do Cidadão e os Vapt Vupt, orienta que, nesses locais, em casos de urgência, o cidadão compareça comprovando a necessidade para que o atendimento seja priorizado”, esclarece o órgão.
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget