PUBLICIDADE



Domingos Filho arrasta prefeitos para o PSD e diz que "Eunício não tem mais o que dar"

Os bastidores políticos do Ceará estão agitados e o arrastão do ex-vice-governador Domingos Filho para ampliar a base do PSD abre uma verdadeira guerra contra o presidente da Executiva Regional do MDB, ex-senador Eunício Oliveira. Domingos avançou nas negociações para atrair, ao mesmo, 12 prefeitos do MDB, o que gerou irritação do líder emedebista.
Durante uma série de eventos nesta semana, no Interior e na Grande Fortaleza, com a presença do ex-ministro Gilberto Kassab, Domingos Filho quer mostrar força política com a filiação de prefeitos, ex-prefeitos e lideranças municipais ao PSD.
A lista tem militantes do PDT, PL, PSDB e MDB, como o prefeito de Pacatuba, Carlomano Marques. A prefeita de Canindé, Rozário Ximenes, do MDB, também, foi chamada por Domingos para ingressar no PSD. Convite semelhante foi feito a prefeita de Tejuçuoca, Heloide Estevam, que, também, integra os quadros do MDB.
Sem meias palavras, Domingos tem sido direto quando faz o convite aos aliados do ex-presidente do Senado: Eunício não tem mais o que dar. As palavras atribuídas ao presidente do PSD no Ceará – tendo como direção o ex-senador Eunício Oliveira, retratam a dura realidade de quem está sem mandato parlamentar e sem acesso ao poder.
Se Eunício desceu a rampa na política, Domingos se sente no caminho inverso e, ao falar da força que tem junto aos Governos Estadual e Federal, atrai novos filiados ao PSD.

Ceará Agora
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget