PUBLICIDADE



Novas transferências de presos podem ser realizadas para presídios federais

O secretário de Segurança Pública do estado do Ceará, André Costa, confirmou, em entrevista à TV Cidade na noite desta terça-feira (24) que novas transferências de presos podem ser realizadas, já que foram disponibilizadas novas vagas em presídios federais.
A Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará (SAP) afirmou que 257 presos foram transferidos como "forma preventiva e tática", mas não confirmou o destino dos internos. Os internos ligados a facção Guardiões do Estado que vem comandando os ataques vão sair das unidades prisionais de Pacatuba, do Centro de Triagem e Observação Criminológica (CTOC), que funciona no Complexo Penitenciário de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, e de Quixadá, no Sertão Central.
“O Depen aguarda a lista de presos por parte do governo do Ceará e a autorização do Juiz da origem. Por questões de segurança não são informados detalhes sobre número de vagas e nem sobre a transferência”, manifestou o Ministério da Justiça por meio de nota.
O secretário da SAP, Mauro Albuquerque, acredita que a transferência vai promover “controle total” sobre a organização.
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget