PUBLICIDADE



Santa Casa de Sobral oferece assistência especializada no tratamento de pacientes com câncer

A Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) atende pacientes de 55 municípios da região noroeste do estado do Ceará, entre eles, pessoas diagnosticadas com câncer.
O Hospital é o único do interior cearense credenciado como Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON). Atualmente a Santa Casa oferece assistência especializada, humanizada e integral aos pacientes com câncer, dispondo de equipamentos com tecnologia avançada e uma equipe composta por profissionais especialistas. Além disso, todo o atendimento, desde o diagnóstico ao tratamento, é custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Receber um diagnóstico de câncer e enfrentar longas filas de espera por consultas, exames e tratamento contra a doença não é nada fácil para os pacientes que, muitas vezes, ainda precisam enfrentar horas de estrada até chegar ao Hospital especializado onde recebem a intervenção adequada.
“Pacientes oncológicos têm prioridade na marcação de tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas, otimizando a realização dos exames e, em seguida, guiando o paciente ao tratamento adequado”, explica o coordenador do serviço de Oncologia da SCMS, Dr. Erialdo Silva.
Os pacientes são encaminhados à Santa Casa pelo Posto de Saúde ou diretamente por um médico. Vale ressaltar que, atualmente, o Hospital facilita o acesso do paciente oncológico que apresenta sua biópsia e diagnóstico de câncer durante a consulta. Após o atendimento no Ambulatório e a realização de exames, os pacientes são conduzidos à intervenção indicada, a qual é dividida em: radioterapia, quimioterapia, cirurgia e tratamento paliativo.

Tecnologia como auxílio
Os pacientes em tratamento com radioterapia encontram na Santa Casa agilidade e qualidade no atendimento. Em 2018, foi instalado no setor de Oncologia, o Acelerador Linear de Partículas (LINAC), o qual gera uma forma de radiação por meio de corrente elétrica, e o direciona para a área que se deseja tratar. Essa radiação promove a destruição do tecido doente, sem que haja danos aos tecidos saudáveis. A sala utilizada é composta por paredes e portas blindadas, cujo objetivo é manter a segurança do paciente e dos técnicos que ali trabalham.
O equipamento tem capacidade para atender mais de 50 pacientes por dia e o tratamento de radiação dura cerca de 5 minutos. Em média, o paciente espera menos de sete dias para receber esse atendimento. O Acelerador Linear de Partículas foi doado pelo Ministério da Saúde por meio do programa “Expansão da Radioterapia no Brasil”.
Além disso, o setor de Oncologia da Santa Casa também conta com o tratamento de quimioterapia, indicado antes ou após a cirurgia; o serviço de anatomia patológica, estudo feito por meio de exames macro e microscópicos de biópsias ou peças cirúrgicas; a análise imunoistoquímica, exame que encaminha o paciente para o diagnóstico e definição de tratamento; além do serviço de cirurgia e o tratamento paliativo, o qual a Santa Casa presta do forma humanizada aos pacientes internados no Hospital.
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget