PUBLICIDADE

48 cidades cearenses manifestam interesse em aderir ao Programa de Escolas Cívico-Militares

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou, nesta quarta-feira (16), que 650 municípios de todo o País manifestaram interesse em aderir ao Programa de Escolas Cívico-Militares do Governo Federal. O Ceará é o 4º do Nordeste com o maior número de entes federados interessados, com 48 solicitações, e o governador Camilo Santana (PT) foi o único da região a demonstrar interesse do projeto. Ao todo, apenas 16 estados do País aderiram ao programa do Governo Federal.

Ao divulgar o balanço das solicitações, o ministro disse que ficou feliz com os números. A demanda de interesse dos municípios superou a quantidade de vagas ofertadas pelo programa - de instalar 216 escolas cívico-militares em todo o Brasil até o fim de 2023. Além da demanda feita pelos estados que aderiram ao programa, a meta, segundo ele, era atender 54 municípios.

Diante da alta procura, Weintraub informou que o Ministério irá analisar, minuciosamente, as condições para a instalação do programa nos municípios, para contemplar o máximo possível dentro dos critérios. A lista com as cidades selecionadas será divulgada no dia 15 de novembro.

De acordo com o cronograma do MEC, o projeto-piloto do Governo Federal do Programa de Escolas Cívico-Militares começa a ser implantado em 2020. O objetivo é instalar o modelo em 216 escolas até 2023.

A seleção dos municípios levará em conta a possibilidade de mobilização de profissionais da reserva das Forças Armadas. Caso não haja efetivo de Exército, Força Aérea e Marinha no município, a opção do Governo Federal para a efetivação do Programa é a parceria das corporações estaduais, ou seja, policiais e bombeiros militares.
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget