PUBLICIDADE



Caso isoladíssimo, diz prefeito de Sobral sobre abusos sexuais contra crianças em escolas

Em entrevista ao programa Nos Bastidores da Política, na Rádio Tupinambá, nessa quarta-feira (30), o prefeito Ivo Gomes (PDT) falou sobre as denúncias de abuso sexual que teriam como vítimas, crianças de escolas da rede pública municipal de Sobral. “Até hoje, não há ninguém, de Sobral, indiciado em inquérito policial, por estupro de criança. Neste momento, o servidor suspeito de molestar uma criança de três anos, numa creche, que, ainda, não foi indiciado, porque o inquérito policial não foi concluído, está afastado”, explica.

Segundo o prefeito, “eu determinei a abertura, na Prefeitura, de um Processo Administrativo Disciplinar; determinei o afastamento temporário do suspeito, enquanto se apura. Se chegar à conclusão de que a pessoa é culpada, ela será demitida. Se a Polícia constatar isso, a pessoa deve ser presa”.

Ainda sobre a denúncia de abuso de uma menina de três anos, dentro de uma creche, o prefeito disse que, “em Sobral, são casos isoladíssimos. E todas as providências foram tomadas. São 35 mil crianças e adolescentes, que estão todo dia em 60 escolas, que a gente alimenta, têm atenção, carinho e amor”, reforçou.

Nessa quarta-feira (30), a sensação de revolta tomou conta de pais de alunos na saída da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Emílio Sendim, no bairro Domingos Olímpio, em Sobral, norte do Ceará. Os pais, que organizaram um protesto, dividiam espaço com equipes de policias militares e guardas municipais, em frente à instituição de ensino. A notícia era que o professor, investigado pela Polícia por práticas sexuais com um menino de 10 anos de idade, dentro da Escola de Ensino Fundamental José Parente Prado, no bairro Sumaré, estaria dando aulas normalmente.

Sobral Post
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget