PUBLICIDADE



Ceará tem em setembro o melhor volume em açudes desde 2014

O Ceará tem o melhor volume de açudes em cinco anos. Com 18% da capacidade total até setembro, o Estado fechou com 4% a mais que no ano anterior, quando obteve 14% do volume. No mesmo período de 2017 chegou a 9,7%. Já em 2016 esse número foi de apenas 8,8%, o pior desde 2012. Em 2015 ficou com 15,4%. Em 2014, foi de 26%.

O record este ano se deve ao aporte de água, que chegou a 2,87 bilhões de metros cúbicos (m³). De acordo com dados do Portal Hidrológico, nos últimos 31 dias foi registrado aporte em 8 açudes, atingindo 767.085 m³ apenas em setembro.

As maiores capacidades ficam com as reservas Coreaú, Litoral e Baixo Jaguaribe, que terminaram setembro com 82,9%, 79,8% e 76,6%, respectivamente. Apesar dos bons números, eles são inferiores aos de junho, último mês do primeiro semestre, quando a capacidade total foi de 21,5%. No mesmo mês Coreaú ficou com 99,7%; Baixo Jaguaribe com 100% e Litoral com 91%. 

A queda se deve ao período do segundo semestre. Segundo Raul Fritz, meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o segundo semestre é um período considerado de poucas chuvas. “Segundo semestre no Ceará é considerado muito pouco chuvoso. Julho já tem uma precipitação média baixa, mas agosto, setembro, outubro e novembro têm precipitações muito próximas de zero no Estado como um todo”.

As expectativas para os próximos meses é de que as chuvas voltem a aparecer em uma maior frequência a partir de dezembro, quando a pré-estação chuvosa cearense se aproxima. “Outubro tem uma média de chuva de apenas 3,9 milímetros. Isso é comum, todo ano acontece nesse período do segundo semestre. As chuvas só voltam a aparecer numa frequência maior a partir de dezembro com a proximidade da pré-estação chuvosa cearense”, afirma.

O POVO Online
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget