PUBLICIDADE



El Niño enfraquecido favorece para boas chuvas no Nordeste

O meteorologista da FUNCEME, Raul Fritz afirmou que, neste momento, a possibilidade de um novo El Niño acontecer em 2020 são as menores já registradas nos últimos anos. Isto é um bom indício para o Nordeste, já que o fenômeno que é registrado no Oceano Pacífico é responsável pela diminuição das chuvas na região.

“Até este mês de outubro, observamos uma neutralidade, na temperatura do Oceano Pacífico, onde demonstra que possivelmente não teremos o El Niño em 2020, no máximo ele será neutro, isto é bom para a nossa região, mas são apenas estudos”, disse.

O Centro Americano de Meteorologia e Oceanografia (NOAA) publicou um boletim, no dia 13 de junho de 2019, indicando chance de 66% de ocorrência de um El Niño muito fraco neste inverno brasileiro.

Porém, ainda não há informações sobre o quanto o fenômeno irá se estender. Ou seja, há dúvidas se o El Niño influenciará o clima no final do segundo semestre de 2019 e início de 2020.

O próximo período úmido será diferente do último. Com El Niño em curso, a chuva foi mais frequente no Centro e Sul do Brasil, ficando abaixo da média em áreas do Norte e Nordeste. “Em 2020, a chuva será mais intensa e frequente sobre o centro e norte do Brasil, enquanto que a região Sul, sobretudo o Rio Grande do Sul, correrá maior risco de chuva irregular e estiagens regionalizadas”, explica o meteorologista da Somar Celso Oliveira.

Alex Santana
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget