PUBLICIDADE

"Posso ser presidente sem partido", diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, nesta sexta-feira (25/10) (horário local de Brasília) e neste sábado (26/10) pela manhã (horário local de Pequim), que pode ser um "presidente sem partido". A fala ocorreu pouco antes dele deixar o hotel na China e partir para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

“Tudo pode acontecer. Nunca fui afeto à política, acredite se quiser. […] Eu posso ser um presidente sem partido. As votações na Câmara e no Senado estão sendo feitas por ideal. Senador, deputado, prefeito e governador podem ficar sem partido que não têm problema de perder mandato. Tanto faz eu estar sem partido ou com partido. No PSL, dos 50 e poucos [deputados] lá, tem uns 30 que estão fechadinhos conosco. Os outros 20, tem uma meia dúzia que foi para o radicalismo, e os demais votam conosco, não tem problema", completou, dizendo que não se preocupa com o racha na sigla pesselista.

O chefe do Executivo disse ainda que pretende trabalhar para “eleger” ao menos 40 candidatos nas eleições municipais de 2020. “Pretendo ter 30 a 40 candidatos pelo Brasil, mas tenho que ter decisão sobre o partido. Não posso entrar e, quando chegar na convenção, eles me deixarem para trás porque têm maioria”, avaliou.

O presidente ainda emendou: “E eles sabem que quem quer ser candidato a prefeito no ano que vem é melhor tirar uma foto comigo e não com outra pessoa”, concluiu.

Correio Braziliense
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget