PUBLICIDADE



Capital tem 17 vezes mais registros de risco de desabamento após Andrea

As colunas desgastadas, as rachaduras e o chão da garagem "meio fundo" já passavam despercebidos pelo olhar de Luiz (nome fictício), morador de um prédio no Centro de Fortaleza. "É coisa de prédio antigo", pensava. Um remendo aqui, outro ali, resolveriam. A posição mudou radicalmente a partir das 10h28 do dia 15 de outubro, quando os sete andares do Edifício Andrea viraram entulho, e imagens das colunas rachadas do imóvel começaram a circular nas redes sociais. Fortaleza, então, acordou.

"A gente via as colunas soltando o reboco, umas rachaduras, os ferros das vigas enferrujados. Desgastes mesmo na estrutura. Mas ninguém nunca imaginou que seria possível acontecer algo mais grave. Mas quando saíram aqueles vídeos, quando o Andrea desabou, acordamos, né? Tava muito parecido com a situação daqui, todo mundo se desesperou", declara o morador, preferindo não se identificar para não expor o condomínio - que data dos anos 1980, e nunca havia passado por inspeção predial até outubro.

O alerta foi geral, e os chamados dos fortalezenses pela Defesa Civil da Capital se multiplicaram expressivamente, se comparados a igual período do ano passado. Em outubro de 2018, foram registradas 42 ocorrências por risco de desabamento - em igual mês deste ano, o total foi de 715 - ou 17 vezes mais.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia do Ceará (Crea), Emanuel Mota, avalia que a busca recente dos fortalezenses pela inspeção predial "mostra que o ser humano acaba sendo movido a tragédias, e que elas motivam soluções". O alerta, então, está aceso em definitivo. "Quando você adquire um imóvel, está com a cabeça na compra e esquece de que, como num carro ou na própria saúde, é preciso manutenção constante. O imóvel, mesmo com vazamento e rachadura, continua sendo útil, então negligenciamos. Mas está cada vez mais claro que esses são avisos de que a estrutura pode colapsar", frisa o presidente.
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget