PUBLICIDADE



Dois sobreviventes da queda do Edifício Andrea recebem alta hospitalar

Outras duas vítimas sobreviventes do desabamento do Edifício Andrea, em Fortaleza, ainda sob cuidados médicos tiveram alta hospitalar do Instituto Dr. José Frota (IJF), unidade onde estavam internadas. Segundo o hospital, Cleide Maria da Cruz Carvalho, de 60 anos, e Gilson Moreira Gomes, de 53 anos, ainda seguirão recebendo atendimento ambulatorial no hospital para o tratamento das lesões.

O edifício Andrea desabou no dia 15 de outubro de 2019. Nove pessoas morreram, enquanto outras sete foram resgatadas ainda com vida. O prédio tinha sete andares. As pilastras do edifício estavam em estado precário e passavam por reforma no dia da queda. Diversos vídeos divulgados mostram o momento do desabamento do prédio.

Cleide Maria trabalhava como diarista no apartamento 101 no momento da tragédia. Segundo o filho dela, Leandro Carvalho, a mãe foi liberada da unidade hospitalar na tarde de segunda-feira (4).

Já Gilson não morava no prédio, mas fazia compras no mercadinho próximo ao edifício, também atingido pelos escombros. O filho dele, Nazareno Façanha, confirmou a alta do pai dada também na segunda-feira (4), à noite. 


Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget