PUBLICIDADE



Ibama suspeita que incêndios em MS foram provocados por ação humana

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspeita que os incêndios registrados em Mato Grosso do Sul foram provocados por ação humana. Por meio da assessoria de imprensa, a autarquia informou à Agência Brasil que autoridades competentes já abriram investigação para apurar as ocorrências.

Em outubro, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul ponderou que a quantidade de focos de incêndio tem fortalecido a tese de que as queimadas sejam criminosas. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que, entre janeiro e 12 de setembro deste ano, houve um aumento de 324% nos focos no Pantanal em relação ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com o Ibama, os casos têm sido identificados desde agosto em torno dos municípios de Corumbá, Aquidauana e Miranda. A estimativa é que a área atingida já chegue a 130 mil hectares, de acordo com informações obtidas a partir do monitoramento de satélites do Inpe.

O governo sul-mato-grossense informou que o fogo se espalhou por dois importantes pontos do Pantanal: o Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro, considerado berço dos peixes do bioma, e uma parte da Serra do Amolar, que abriga diversas espécies animais e vegetais.

As chamas alcançaram também o distrito de Forte Coimbra, erigido pelos portugueses no século 18. Verifica-se ainda um possível foco de incêndio no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, que fica a aproximadamente 800 quilômetros de Corumbá.
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget