PUBLICIDADE



Weintraub: Duas cearenses foram quem vazaram a prova do Enem 2019

Meia hora depois do encerramento do segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o ministro da Educação Abraham Weintraub disse em coletiva de imprensa que “este foi o melhor Enem da história do Brasil se levarmos em consideração a qualidade da prova”. Ao lado do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, o ministro afirmou que a ausência de supostas questões ideológicas tem relação com a “postura republicana do Governo Bolsonaro”. A taxa de abstenção do exame deste ano foi de 27,19%, segundo o MEC, a menor da história.

O ministrou garantiu que os casos de vazamento da prova nos dois dias foram pontuais e não geraram impacto aos estudantes. O único caso em que ele considera um comportamento prejudicial à sociedade foi o de duas aplicadoras do exame no Ceará que, no domingo (3), tiraram e fizeram circular uma foto da prova de redação. Ele diz que as mulheres planejaram a ação previamente e classificou o comportamento de uma delas como "terrorismo".

"Não estou chamando de senhora, não estou chamando de cidadã, estou chamando de mulher, que tentou aterrorizar a sociedade brasileira. Uma pessoa vil", disse Weintraub, que afirma ter certeza da culpabilidade da aplicadora, e disse suspeitar que ela seja uma "militante".

O ministro ainda afirmou que é importante não haver ideologização do ensino para que só entre na universidade quem tiver alcançado boa nota em vez de “militantes”. “Prefiro ser atendido por um profissional competente. Foram décadas em uma cultura totalitarista de esquerda sendo imposta aos brasileiros, e a eleição de Bolsonaro é o começo do fim desse martírio”, afirmou.

Os gabaritos oficiais serão divulgado nesta quarta 13 no site do INEP.

Com informações da Veja e G1
Cadernos:
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget