PUBLICIDADE

Falta vacina pentavalente em todo o País; doenças bacterianas podem proliferar

A vacina pentavalente, que protege crianças de cinco doenças bacterianas - meningite, tétano, difteria, coqueluche e hepatite B - está em falta em postos de saúde de todo o País. Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), o repasse, que é realizado periodicamente pelo Ministério da Saúde, sofreu uma interrupção e a última remessa foi recebida em outubro de 2019. O motivo, segundo o MS, seria a reprovação da vacina em testes.

Renato Kfouri, presidente do Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), afirma que nenhuma das doenças que podem ser prevenidas pela vacina está erradicada do Brasil, e a maioria delas é causada por bactéria. “A coqueluche e a difteria faz alguns anos que não aparecem casos no País, mas é um risco”, afirma. A imunização é aplicada em três doses, ao dois, quatro e seis meses de vida.

Uma nova remessa aguarda parecer da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para posterior liberação da Anvisa. "Tão logo essas doses sejam liberadas para uso, serão distribuídas aos Estados. A previsão é iniciar o processo de regularização da distribuição ainda neste mês de janeiro", avisa a nota.

O POVO Online
Tags
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget