PUBLICIDADE

Prefeitos e Governo entram em conflito por cargos nos consórcios de saúde do Ceará

Uma batalha entre prefeitos cearenses e o Governo do Estado começa a ser travada em função da  escolha dos ocupantes de cargos administrativos nos consórcios de saúde do Ceará.

O Estado conta atualmente com 21 consórcios de saúde. Até então, os cargos de secretário executivo, diretor administrativo financeiro, diretor geral de policlínica e diretor geral de Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) eram distribuídos entre aliados dos gestores municipais, contudo, o governo pretende mudar isso, estabelecendo critérios para a definição dos nomes que ocuparão os cargos.

Responsável por criar uma animosidade entre prefeitos e o governo do Estado, o decreto assinado pelo governador Camilo Santana que estabelece os critérios para escolha dos cargos deixou os gestores municipais mais insatisfeitos devido à perca de “poder político”. Querem manter o seu poder político, a sua influência na indicação, na nomeação de cargos e principalmente na gestão de recursos públicos.

Nessa segunda-feira (6), prefeitos do Ceará se reuniram na Aprece para discutir ações a fim de barrar essas alterações, inclusive com o risco de judicialização, em torno dessas mudanças que estão sendo propostas na gestão dos consórcios de saúde.

Ceará Agora
[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget