Secretaria da Segurança Pública do Ceará registra quase 8 mil denúncias anônimas em 2019

Secretaria da Segurança Pública do Ceará registra quase 8 mil denúncias anônimas em 2019

No ano passado, 7.977 denúncias anônimas chegaram até a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará, por meio do número 181. O número referente ao Disque Denúncia da Pasta acolhe denúncias anônimas e sigilosas, diariamente, durante 24 horas.

De acordo com a estatística, em média, as autoridades receberam 22 denúncias, a cada dia de 2019, somente por meio deste canal. Em 2018, a Secretaria registrou o recebimento de outras 8.989 ligações de denunciantes.

Conforme o secretário da SSPDS, André Costa, prisões, apreensões e até mesmo grandes operações para desarticular quadrilhas envolvidas em ataques contra o estado só foram possíveis devido a denúncias anônimas. O titular da Pasta pontua que cada denúncia gerada pelo 181 segue diretamente para a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS. De lá, ela é encaminhada ao órgão responsável de atuação.

"O 181 tem a grande vantagem que é a pessoa não se identificar. É uma ligação gratuita e que não é binada (número de telefone não é identificado). A população sempre cobra muito da Polícia, e é direito exercer essa cobrança e essa fiscalização, mas é também responsabilidade de qualquer pessoa participar da Segurança Pública. Os populares são os olhos e os ouvidos da Polícia. Damos muita credibilidade para essas denúncias", afirmou o secretário.

Além do Disque Denúncia da SSPDS, há outros canais disponíveis à população, como o Whatsapp da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), no número (85) 98969-0182 e o 190 da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

G1 CE