Agentes penitenciários negociam um reajuste salarial de 29 por cento

Agentes penitenciários negociam um reajuste salarial de 29 por cento

Agentes penitenciários do Ceará terão nesta quarta-feira (19) a terceira rodada de negociações com o governo do estado em busca de um acordo salarial. A classe pleiteia um reajuste da ordem de 29.6  por cento  como recomposição das perdas econômicas dos últimos anos. Atualmente, são cerca de  3,6 mil servidores que atuam na segurança interna dos presídios, cadeias públicas, penitenciárias, colônias e hospitais penais do estado.

Segundo a presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores Públicos do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp-CE), Joélia Silveira, nada ainda foi “fechado” nas negociações. Ela negou que a categoria tenha sofrido cortes em suas gratificações e alegou que não cogita, neste momento, nenhum movimento de greve ou paralisações parciais dos serviços prestados pela categoria no Sistema Penal.

Na manhã desta segunda-feira (17), um grupo de agentes penitenciários participou de uma mobilização na frente do Palácio da Abolição, enquanto era realizada a reunião de negociação entre membros da diretoria do Sindasp e representantes do governo. “Estamos construindo este acordo”, disse Joélia. A primeira rodada de negociação aconteceu no último dia 10 e a segunda nesta segunda-feira (17). Em ambos os encontros o estado foi representado pelo chefe da Casa Civil, Élcio Batista, que também conduziu as negociações com a categoria de policiais e bombeiros militares